Home

Slider

Conferência Economia Circular | Pensar o Futuro de Forma Circular

O aumento do nosso modo de produção/consumo e a urgência climática exige encontrar, em conjunto, soluções rompendo com o modelo tradicional de economia linear e desenvolvendo novas abordagens que convergem num sistema em torno do conceito de circularidade.

Com este encontro, a Sociedade Ponto Verde procura reunir alguns dos principais intervenientes na procura de uma melhor gestão dos recursos e materiais do nosso planeta, um caminho que passa certamente pela valorização e extensão do tempo de vida dos mesmos.

Embora o caminho para a circularidade pareça estar repleto de desafios, levanta novas oportunidades, com a geração de inovações sustentáveis e a criação de sinergias.

Pretende-se ir ao encontro das atuais preocupações de todos os agentes da sociedade portuguesa, e sobretudo procurar respostas para as dúvidas que persistem, de uma forma muito prática e orientada para a ação.

Slider

.

10h00 · RECEÇÃO
10h30 · ABERTURA

- António Nogueira Leite, Presidente do CA da Sociedade Ponto Verde

11h00 · EUROPA NA VANGUARDA DA ECONOMIA CIRCULAR

O contributo de Portugal

- Karmenu Vella, Comissário Europeu do Ambiente (depoimento em vídeo)

11h20 · POLÍTICAS GLOBAIS VS POLÍTICAS LOCAIS - A ECONOMIA CIRCULAR E O EXEMPLO FINLANDÊS

Globalizar e democratizar um modelo económico inovador

- Kari Herlevi, Diretor de Projeto para a Economia Circular, SITRA - The Finnish Innovation Fund

11h40 · COFFEE BREAK
12h00 · ESTUDO "O POTENCIAL DA ECONOMIA CIRCULAR EM PORTUGAL - SETORES DAS EMBALAGENS E DOS ALIMENTOS & BEBIDAS"

- Rita Lopes, Investigadora no Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade (CENSE) da FCT-UNL e Professora Auxiliar Convidada

12h20 · COMPREENDER A ECONOMIA CIRCULAR

Os princípios-chave de uma responsabilidade global

- Cillian Lohan, CEO da Green Economy Foundation

12h40 · CONSUMO SUSTENTÁVEL, CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS

O paradigma da Economia Circular

- Fernanda Ferreira Dias, Diretora Geral das Atividades Económicas

13h00 · ALMOÇO
14h00 · DESIGN CRIATIVO E ESTILO DE VIDA SUSTENTÁVEL

Catalisadores da transição para a Economia Circular

- Leyla Acaroglu, Designer, Cientista Social e especialista em sustentabilidade, Fundadora da The UnSchool of Disruptive Design

- Lewis Akenji, Diretor de Consumo e Produção Sustentáveis, The Institute for Global Environmental Strategies

14h40 · DESAFIOS DA EDUCAÇÃO PARA A ECONOMIA CIRCULAR

- Teresa Franqueira, Professora Associada da Universidade de Aveiro e Coordenadora da Design Factory Aveiro

15h00 · PIONEIROS CIRCULARES EM PORTUGAL

PMEs que implementam na prática os princípios circulares

- Lindsey Wuisan, Fundadora do Circular Economy Portugal

15h20 · CONVERSAS CIRCULARES COM...

- Henrique Cayatte, Sócio Fundador S+A Concept Design

       entrevista

- Leyla Acaroglu, The UnSchool of Disruptive Design

16h00 · SESSÃO DE ENCERRAMENTO

- Ana Isabel Trigo Morais, CEO/Administradora Delegada da Sociedade Ponto Verde

- Carlos Martins, Secretário de Estado do Ambiente

A economia circular pode ser uma ferramenta poderosa para mitigar as alterações climáticas, por exemplo, fazendo cortes profundos nas emissões da indústria pesada, muitas vezes de forma economicamente atraente e, portanto, merecendo um lugar central na política climática e industrial da UE.

Kari Herlevi, Diretor de Projeto para a Economia Circular, SITRA – The Finnish Innovation Fund

Fotografia: Miikka Pirinen®

.
.

ANTÓNIO NOGUEIRA LEITE

Presidente do CA da Sociedade Ponto Verde

[+]

.

KARMENU VELLA

Comissário Europeu do Ambiente

[+]

.

KARI HERLEVI

Diretor de projeto para a Economia Circular, SITRA - The Finnish Innovation Fund

[+]

.

RITA LOPES

Investigadora no Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade da FCT-UNL e Professora Auxiliar Convidada

[+]

CILLIAN LOHAN

CEO da Green Economy Foundation

[+]

FERNANDA FERREIRA DIAS

Diretora Geral das Atividades Económicas

[+]

LEYLA ACAROGLU

Designer, Cientista Social e especialista em sustentabilidade, Fundadora da The UnSchool of Disruptive Design

[+]

LEWIS AKENJI

Diretor de Consumo e Produção Sustentáveis, The Institute for Global Environmental Strategies

[+]

TERESA FRANQUEIRA

Professora Associada da Universidade de Aveiro e Coordenadora da Design Factory Aveiro

[+]

LINDSEY WUISAN

Fundadora do Circular Economy Portugal

[+]

HENRIQUE CAYATTE

Sócio Fundador S+A Concept Design

[+]

ANA ISABEL TRIGO MORAIS

CEO/Administradora Delegada da Sociedade Ponto Verde

[+]

CARLOS MARTINS

Secretário de Estado do Ambiente

[+]

Uma economia circular a operar acima dos limiares biofísicos não é sustentável, é uma economia em espiral. Precisamos reduzir a quantidade de materiais virgens e não renováveis que as empresas continuam a introduzir na economia e o volume de consumo das famílias. Em termos de estilos de vida, isso significa até 90% de redução nas pegadas de carbono dos estilos de vida antes de meados do século.

Lewis Akenji, diretor de Consumo e Produção Sustentáveis, Institute for Global Environmental Strategies

Slider

Como chegar

Localização: Fundação Calouste Gulbenkian Av. de Berna, 45 A 1067 – 001 Lisboa Coordenadas GPS: 38.737541, -9.154649

- Autocarros
713 | 716 | 726 | 742 | 746 | 756

- Metro
São Sebastião (linhas azul e vermelha)

Para obter mais informações consulte:

www.carris.pt
www.metrolisboa.pt

- Carro
Parques de Estacionamento: Parque Berna (subterrâneo) | Praça de Espanha (junto ao restaurante Gôndola)

Slider

Contactos

Contacto Geral: info@pensarofuturocircular.pt

Slider
.
Newsletter
Subscreva aqui a nossa Newsletter de Economia Circular.
TERMOS DE UTILIZAÇÃO
O presente site foi criado, pertence e é operado pela Sociedade Ponto Verde, S.A. (doravante designada por "Sociedade Ponto Verde"), regendo-se a sua utilização por estes Termos de Utilização.

ACEITAÇÃO DOS TERMOS DE UTILIZAÇÃO
O utilizador do site ("Utilizador") reconhece que ao usar este site está a aceitar estes Termos de Utilização.

ALTERAÇÃO DOS TERMOS DE UTILIZAÇÃO
A Sociedade Ponto Verde reserva-se o direito de, a qualquer momento, sem necessidade de aviso prévio e com efeitos imediatos, alterar, adicionar, actualizar ou eliminar, parcial ou totalmente os presentes Termos de Utilização.O Utilizador deve consultar periodicamente a página destes Termos de Utilização (https://www.pontoverde.pt/termos_utilizacao.php) para confirmar se foram efectuadas quaisquer actualizações ou alterações.

ACESSO AO SITE
A Sociedade Ponto Verde tem o direito exclusivo de a todo o tempo, suspender, parcial ou totalmente o acesso ao site, em especial nas operações de gestão, manutenção, reparação, alteração ou modernização e encerrar, definitiva ou temporariamente, parcial ou totalmente, a qualquer momento, de acordo com a sua vontade, o site ou qualquer um dos serviços, sem aviso prévio.

DIREITOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL
O Utilizador reconhece que os conteúdos deste site estão protegidos por direitos de propriedade intelectual e obriga-se a respeitar tais direitos.Os direitos sobre textos, imagens, gráficos, som e animação e todas as outras informações e a forma em que são representadas graficamente no site, incluindo as marcas, logótipos e símbolos, assim como a disposição e a estrutura do site são da titularidade da Sociedade Ponto Verde ou foram devidamente licenciados a favor da Sociedade Ponto Verde.O Utilizador não está autorizado a transmitir, publicar, modificar, copiar, vender, utilizar ou distribuir, por qualquer forma, os textos, imagens ou outras informações contidas neste site ou parte do site sem autorização prévia, por escrito, da Sociedade Ponto Verde. A utilização de marcas e logótipos neste site assim como a disponibilização dos materiais existentes no site, não concedem, nem podem ser interpretados como concedendo, permissão aos Utilizadores para utilizar, directa ou indirectamente, tais marcas, logótipos ou materiais.

DADOS PESSOAIS
A utilização deste site não implica necessariamente o fornecimento de dados pessoais. No entanto, caso pretenda solicitar pedidos de contacto, pedidos de esclarecimento ou apresentar sugestões deverá indicar-nos o seu nome, endereço de e-mail e número de telefone, sendo os mesmos tratados nos termos definidos na Política de Privacidade, disponível neste site.

INFORMAÇÕES
A informação disponibilizada no site da Sociedade Ponto Verde visa essencialmente esclarecer e informar os Utilizadores sobre aspectos relativos à actividade, funcionamento e aos serviços prestados pela Sociedade Ponto Verde, bem como aos termos da reciclagem e à gestão de resíduos em geral.

RESPONSABILIDADE
A Sociedade Ponto Verde não será responsável por erros que possam ocorrer devido a irregularidades do sistema, falha (temporária ou permanente) do site, das aplicações ou de outras ferramentas. Sociedade Ponto Verde não se responsabilizará por quaisquer danos resultantes da utilização indevida ou da impossibilidade de utilização do site.

LINKS
A Sociedade Ponto Verde poderá disponibilizar links para páginas de outras entidades. Estes sites não pertencem nem são operados ou controlados pela Sociedade Ponto Verde, pelo que a Sociedade Ponto Verde não se responsabiliza, aprova ou por qualquer forma apoia ou subscreve o conteúdo desses sites, nem dos sites com ele ligados ou neles referidos. A utilização destes links é da inteira responsabilidade dos Utilizadores.

A criação de links para o site da Sociedade Ponto Verde carece de autorização prévia, por e-mail, da Sociedade Ponto Verde.

VALIDADE DOS TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO
Se alguma parte ou disposição dos presentes Termos de Utilização não for executável ou estiver em conflito com a lei aplicável, a validade das restantes partes ou disposições não será afectada.

QUESTÕES
Se tiver alguma questão sobre os presentes Termos de Utilização, por favor envie-nos o seu pedido de esclarecimento por e-mail para o info@pontoverde.pt ou por carta para a Área de Marketing & Comunicação para a morada Edifício Infante D. Henrique, Rua João Chagas, n.º 53 – 1.º Dto., Cruz Quebrada, 1495-764 Dafundo.

LEI APLICÁVEL
À gestão, administração, utilização e aplicação dos Termos de Utilização do site é aplicável a lei Portuguesa.

FORO COMPETENTE
Para dirimir todas as questões e litígios que possam surgir, inerentes aos presentes Termos e Condições, é competente em exclusivo o foro da Comarca de Lisboa, com expressa renúncia de qualquer outro.